Buscar

A fome invisível que chamamos de tédio

Atualizado: Nov 8

A gente tende a achar que só o que vemos, tocamos e experienciamos materialmente tem valor. Por isso tenho visto relatos de pessoas que postam a vida fazendo um milhão de coisas, mas no final relatam que estão sentindo tédio.


E aí é como se por mais que a pessoa se alimente, continuasse uma fome interior, sabe? Um vazio diferente, que nada que se faz pode preencher.



Se você está muito entediado nesse período, mesmo fazendo um monte de coisas, pode ser um sinal de que você está preenchendo apenas um aspecto da sua vida: O físico. (Ou as vezes nem isso!).


Quando falamos de tédio, muitas vezes é ele é um sinal preocupante de desnutrição nos aspectos mais sutis da nossa existência, e é muito perigoso tentar preencher um vazio de uma área com elementos de outra área...


Ou você nunca viu pessoas que buscam preencher vazios emocionais com comida? Ou com sexo, ou compras, ou mergulhando a vida no trabalho... Ou pessoas com uma inteligência extremamente apurada, um corpo mental realmente forte, mas sem qualquer capacidade de ter empatia e gentileza?


Complicado, né?


Mas nem tudo está perdido. Esse tédio pode ser seu amigo, quando você o reconhece a tempo. Ele pode indicar um valioso caminho de autodesenvolvimento.


Costumo dizer nos atendimentos que somos seres holísticos (Ou seres Integrais), e por isso, existimos simultaneamente em cinco aspectos:

- Físico

- Energético

- Emocional

- Mental

- Espiritual


Não se engane. É pra isso que você existe: Se conhecer e evoluir, em cada um e em todos estes aspectos.


Então olhe para si, olhe para sua vida em cada um desses aspectos. Observe como você tem se nutrido em cada uma dessas áreas. Uma saúde e uma vida realmente integrais passam por todas elas.


E mais do que simplesmente ter uma prática em cada um desses aspectos, é importante praticar! Com gosto, com vontade! Que seja algo que realmente lhe preencha e lhe satisfaça, por que fazer pra dizer que faz, é igual tentar matar a fome com água!


Se você precisar de práticas que “Matam a fome” em cada um desses aspectos, a gente pode procurar juntos. Não algo genérico, mas algo que faça sentido para você.


Abraço!


Valter

8 visualizações

© 2020 por Kyoshin. Artes geradas com Canva Pro.