Buscar

Cuidado com os amigos da onça!

Existe amizade de tudo quanto é jeito:


Amigos-irmãos

Amigos de fé

Amigos de luta

Amizades coloridas

Até mesmo o famoso p.. amigo


Mas o que mais me incomoda são as amizades de tapinha nas costas... Amizades de conveniência e dissimulação.


Todo mundo tem um "amigo da onça".


Aqueles amigos duas-caras, cheios de "oi sumida", de "kkk". Amigos que camuflam entre elogios, piadinhas fora de hora, fofocas e intrigas, uma relação onde ou ele ganha, ou você perde.



Tal qual um vereador pedindo voto, eles aparecem sempre que precisam de alguma coisa, e depois somem.


Abra seu olho. Amigos, contam-se nos dedos.

De uma mão.

E olhe lá.


Quem é amigo só na hora da festa não é amigo de quem você é. É amigo do que você tem.


O princípio base de qualquer relação adulta deve ser a troca.

Entre dois iguais, maduros e cientes do justo valor das coisas.


Se a troca não está sendo boa, é um grande indício de que os adultos envolvidos nessa relação têm um trabalho interior a ser feito. Um vazio que tenta ser preenchido com relações onde se dá demais e se recebe muito pouco.


Às vezes por que não se pede. Às vezes por que não se deixa.


Observe seus relacionamentos, suas amizades. Avalie os amigos ao seu redor, mas também avalie o tipo de amigo que você tem sido.


Se você tem um amigo da onça, recicle essa amizade.

Se você É o amigo da onça (pois de santos não temos nada), observe o que está plantando.


Acima de tudo, seja amigo de si mesmo, respeitando o equilíbrio ao ponto de ser o amigo que gostaria de ter.


Feliz dia do Amigo!




0 visualização

© 2020 por Kyoshin. Artes geradas com Canva Pro.