Buscar

Qual a melhor terapia?

Atualizado: 27 de Mar de 2019


Depois de muito bater cabeça, sofrer dando murros em pontas de faca, paramos pra refletir, buscar ajuda e nos abrimos para o mundo das terapias holísticas (veja o post anterior aqui para saber mais).


A questão é que esse é um mundo vasto, com centenas (talvez milhares) de ofertas, tipos de terapias, técnicas, enfim...


E aí vem a grande pergunta: Qual a melhor terapia?

Quem dera existisse um cardápio terapêutico, rs

Antes de responder, vou te dar algumas dicas pra que você não se decepcione:


1 - Se você quer uma terapia que, milagrosamente, resolva seus problemas, não vai encontrar.

2 - Se você quer uma terapia que passe a mão na sua cabeça, te diga que você está sempre certa, que você é linda, maravilhosa, perfeita, e os outros são maus e o mundo é injusto, vai morrer procurando;

3 - Se você quer uma terapia que fale somente das coisas que você conhece e acredita, sem te fazer olhar para si mesmo, o mundo e os fatos sob outras perspectivas, vai ser bem cansativo e você vai desistir de procurar.

4 - Se encontrar alguma terapia que te ofereça algum dos itens acima, pode ter certeza que eles vão adorar "cuidar" de você, e do seu dinheiro. Corra, pois um "Charlaquântico" foi detectado!!!


Agora sim, vamos a resposta.


Sabe qual a melhor terapia? É a que funciona pra você!


Como assim?


Estamos falando de terapias holísticas, ou seja, que te analisam como um indivíduo e de forma integral. Dentro disso, as possibilidades de intervenção se estendem ao infinito e assim, variam infinitamente também.


Isso não quer dizer que não existem terapias mais indicadas para problemas específicos, mas elas são caminhos iniciais e jamais soluções definitivas. Por exemplo: Problemas de relacionamento não são resolvidos com massagem nos pés, entende?


O que quero dizer com isso é que não existe uma resposta padrão, pois cada indivíduo é único no universo, com uma história de vida única e que não cabe em um menu de problemas x soluções de um manual de instruções.


Pessoas com um mesmo problema podem ter respostas diferentes para a mesma terapia, e isso não quer dizer que aquela terapia é ruim ou não funciona, mas que cada caso é um caso. Simples assim.


Dentro desse contexto, é importante você estabelecer alguns critérios e seguir alguns passos para escolher a melhor terapia para você. Não é garantia de resolver milagrosamente, mas suas chances de ter sucesso aumentarão, com certeza!


Primeiro: Auto avaliação

O primeiro passo é você fazer uma auto avaliação, para saber:

- Do que gosta

- Do que aceita sem problemas

- Do que não gosta num primeiro momento, mas topa experimentar

- Do que não aceita de jeito nenhum!


Por exemplo, se uma pessoa tiver pânico de agulhas, as chances dela relaxar e "se entregar" no tratamento de acupuntura são mais baixas.


Se conhecendo, você começa a filtrar as opções que te deixam mais à vontade. Estar numa área onde há afinidade aumenta suas chances de se sentir mais confortável na terapia escolhida.


Segundo: Pesquisa das terapias

O segundo passo é um refino dentro da linha terapêutica que você se sente à vontade.

Faça uma pesquisa preliminar para conhecer pelo menos de forma superficial o que é e como funciona a terapia que te interessou. Isso irá te ajudar a ir com mais segurança, e também evitar que alguém lhe engane.


Por exemplo: Se em uma sessão de Reiki alguém lhe pedir para tirar a roupa, é problema na certa! Se você não tem nenhuma base, como vai poder questionar?


Terceiro: Referências

O terceiro passo é procurar referências. Veja se as terapias que você se interessou são conhecidas, validadas por órgãos competentes, ensinadas em instituições sérias, e principalmente se elas têm ajudado alguém.


Eu não recomendo terapias extraterrestres, por exemplo. E tem muita gente oferecendo por aí.


Existem grupos em redes sociais, reportagens, entrevistas e várias pessoas dando depoimentos, que poderão te esclarecer o que pode funcionar ou não!


Internet está aqui pra isso!


Quarto: Abertura

O quarto e mais importante de todos os passos é você acreditar. Uma vez que você escolheu uma terapia que te deixe à vontade, tem pelo menos uma noção de como ela funciona, e viu que ela está ajudando as pessoas mundo afora, pode ir com a mente e o coração abertos para que a terapia que ela também possa te ajudar.



É garantido que irá resolver a sua questão? Não.

A única coisa que é garantida é que você vai aprender muito ao longo do processo.

É uma jornada que vai depender muito do quanto você está disposta a se conhecer, encarar suas sombras e principalmente AGIR, revendo crenças, sentimentos e hábitos.


Certamente irá acabar diferente do que você imaginou no começo. Mas com toda certeza, Você sairá maior e melhor do que entrou nessa jornada.


Achou a terapia que acredita que irá lhe fazer bem? A próxima pergunta é: Qual o melhor terapeuta?


Nos vemos no próximo post!



Abraço,


Valter

10 visualizações

© 2020 por Kyoshin. Artes geradas com Canva Pro.