Buscar

Sobre as raivas do convívio durante a quarentena...

Atualizado: Nov 8

Tenho recebido algumas queixas de pessoas em relação ao “convívio forçado” com os próprios familiares.


Mas assim, "fazer bico" não adianta. O que eu proponho é sempre aproveitar a oportunidade que aquela raiva traz pra tentar crescer um pouquinho através dela.




Olha só: As coisas, as pessoas e as situações têm o valor que você atribui a elas, e elas causam dois efeitos em você, de acordo com o valor que você lhes dá:

Ou elas te informam – E aí ok, é aprendizado seu.

Ou elas te afetam – E se te afetam há algo em você com potencial para ser trabalhado em relação a isso.

É mais do que sabido por todo mundo que ninguém muda ninguém. O único trabalho que existe é o trabalho interior, que apenas se reflete através das situações externas.

Então se você anda muito chateado ou incomodado com alguma coisa que um parente seu ou pessoa do seu círculo de convívio durante esse recolhimento está fazendo, ofereço duas dicas que eu espero que ajudem:

1 – Observe essa pessoa além daquela atitude que te incomoda. O que essa pessoa faz que não te causa incômodo? E mais, o que ela faz que você aprecia ou admira?

Se você muda o olhar do incômodo para a admiração, muda o seu foco e libera energia para curar o relacionamento. É um ponto de partida.


2 – Essa atitude que essa pessoa comete, em que área da sua vida, do presente ou do passado, você também agiu de forma parecida?

E isso rende uma baita de uma terapia, rs, mas ajuda a tirar um monte do peso sobre as atitudes da outra pessoa e voltar o foco para si mesma. Libera uma energia que estava estagnada em si e possivelmente projetada no outro.

Tente. Coloque no papel. Se você conseguir responder essas duas perguntas com abertura e sinceridade, você ganha muito material para dar a si e ao outro o que eu chamo de “justo valor”. Nem mais, nem menos. E assim você retoma as rédeas para o que realmente importa, o seu trabalho interior.


É simples? Teoricamente, é.

É fácil? Não, nem um pouco. Nem na teoria e muito menos na prática, rs


Mas vale a pena. Muito mais do que ficar no ciclo eterno de irritação x reclamação.

Se precisar de ajuda nesse processo estou por aqui!

11 visualizações

© 2020 por Kyoshin. Artes geradas com Canva Pro.